São Luís, a Ilha do Amor

Praia em São Luís, com escultura dos pescadores na frente

Uma pequena temporada em São Luís, foi assim o começo de janeiro de 2019. A cidade é maravilhosa, bem grande, mas em cada canto guarda uma surpresa. Parques, museus e muito mais…

Cultura e história

São Luís fica no nordeste do Brasil, só isso já é um indicador de que há muita cultura por todo canto, e a retórica é verdadeira. O Reviver, centro histórico da cidade, abriga museus, igrejas e casas com arquiteturas preservadas em sua grande maioria, no lugar há também prédios públicos funcionando como o palácio do governo e da prefeitura.

Fui a tarde ao centro histórico e fiquei em frente a Igreja da Sé, logo na esquina encontrei o CAT (Centro de Apoio ao Turista) e fui atendido por duas senhoras que me deram um panorâma da cidade e como chegar a pontos turísticos no reviver e fora dele.

Centro Histórico de São Luís. A escadaria dá entrada a diversos becos e histórias
Centro Histórico de São Luís. Foto: J.C Potter

O Reviver, para quem não é local, parece um labirinto, cada virada de esquina você encontra algo e, no meu caso, tudo sem querer porque ganhei um mapa, mas não soube ler. Então a dica é: use o Google Maps se não quiser se perder, o mapa do CAT também é bem útil.

Como eu tinha tempo não reclamei de andar e me perder um pouco, também consegui tirar bastante fotos e tive tempo de apreciar os museus. O que eu mais gostei com certeza foi o do Centro de Pesquisa, História Natural e Arqueologia do Maranhão que tem vários fósseis de dinossauros e algumas réplicas e um pouco da história de algumas espécies que pesquisadores afirmam terem passado pelo solo maranhense.

Acima, no mesmo lugar, há um pouco da história indígena, com algumas relíquias e vídeos e fotos sobre os povos originários.

Toda a visita pode ser guiada por pessoas que trabalham no Centro, mas preferir sair lendo tudo eu mesmo é curtir o local.

A entrada é gratuita você só precisa assinar seu nome no caderno de visitas, isso se repete em vários outros pontos, como os Museus da Imagem, Som e das Embarcações que falarei adiante.

Parques

São Luís é enorme! Eu comenti o pecado, ou nem tanto de sair andando a pé pela cidade, apesar de Uber, 99 Pop e ônibus. A primeira experiência foi a volta do Reviver, 4,5 km do meu hotel, fui a pé e passei por pontes e praias. A experiência é boa, mas cansa, como eu ando dizendo: o Maranhão me fez fitness.

Um dia depois de ir ao Reviver fui ao Mirante da Lagoa da Jansen, o local era muito próximo ao meu hotel, menos de meia hora a pé, mas meu GPS fez eu me perder um pouco, talvez eu não saiba mesmo seguir GPS.

O Mirante fica no alto após uma longa caminhada cercada de verde, muito verde! A vista é boa, mas não é um local muito movimentado, mas há policiamento o que me deixou um pouco mais seguro de ficar lá. No mesmo lugar tem um calçadão enorme para caminhada e havia vários good trucks que indicam que o local é bem movimentado.

Eu usei o Google Trips que faz um mapeamento de lugares para conhecer nas suas viagens agendadas, ele não me deu a diferença entre o Mirante da Lagoa da Jansen e o Parque da Lagoa da Jansen, só notei isso depois.

O parque da lagoa fica próximo a praia, é um lugar agradável, dá para levar as crianças e há espaço para fazer exercícios, como o calçadão, ou esportes, já que o espaço tem umas quadras poliesportivas.

O que me chamou a atenção foi o lixo: por todo o canto e todo lugar parecia que ninguém limpava a séculos. O lixo não aparece sozinho, então podemos supor que os visitantes não cuidam do espaço que visitam. Fora isso o lugar é lindo e próximo a praia, na frente para ser mais exato.

Praias

Aqui vai minha maior decepção com São Luís. Todo o litoral está de ponta a ponta impróprio para o banho.

Eu fiquei bastante triste porque não há uma praiazinha sequer própria para banho. O que não impede que as pessoas entrem na água. E não me impediu de andar a com os pés entre a água e a areia.

As praias tem calçadões com vários quiosques, a maioria vendendo água de coco, caso dos quiosques da praia da Ponta D’Areia.

Nota: Há outros produtos também, mas a maioria vende o produto natural.

A praia mais badalada da capital com certeza é a do Calhau. Com quiosques mais bem elaborados, com comidas variadas e alguns que vendem drinks. A praia do Calhau é o ponto alto da ida as areias de São Luís. A parte decepcionante é que, apesar disso, como já disse, também no Calhau a água está imprópria para banho.

Nota: Espero que os responsáveis tornem esse litoral lindo novamente próprio para banho o mais rápido possível.

Adicionais

Não tive a oportunidade de ir na Praia do Araçagy, mas me os locais me falaram bastante e muito bem do local. A praia fica em São José de Ribamar, que é um município na região metropolitana de São Luís.

Comida

A comida típica maranhense basicamente é a mesma que eu já tenho acesso na minha cidade, que é formada por pessoas que, em sua grande maioria, vieram da região nordeste.

Não me dei bem com os frutos do mar, mas quem puder, vale a pena.

A atratividade do estado, com certeza é o Guaraná Jesus. Inclusive recebi broncas por não ter trazido na mala o famoso guaraná.

Finalmente…

Após dez dias em São Luís tive as melhores impressões da cidade. Com exceção de alguns fatos aqui descritos, a cidade tem opções do que fazer para todos os gostos. Vale a o planejamento e o passeio com certeza.

——————

Visite as nossas páginas no FacebookTwitterInstagramFlipboard e SoundCloud!

Entre em contato com o Direto da Redação, mande sua notícia com fotos e vídeos, críticas ou elogios pelo WhatsApp: (69) 98108-7293

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.