Ano Letivo retornou nesta segunda-feira para alunos de escolas rurais

A Secretaria Municipal de Educação (Semed), informou que como havia anunciado anteriormente, na manhã de hoje, segunda-feira o ano letivo 2019 começou para mais de 5 mil alunos das escolas rurais do município. Segundo a Semed, as unidades que tiveram o calendário escolar restabelecidos foram Rio Pardo, Fernando Sousa, 03 de Dezembro, César Cassol, Flor do Cupuaçu, Ernandes Coutinho, Manoel Pedro Pereira, Antônio Augusto Vasconcelos, Maria Angélica Queiroz de Oliveira, Joaquim Vicente Rondon, Tiradentes e Maria de Nazaré.

No entanto, outros 1.016 estudantes que vivem em áreas ribeirinhas e dependem do transporte fluvial ainda estão fora da sala de aula.

No caso das escolas ribeirinhas, a Semed relata que são um total de 20, sendo 16 municipais e 4 estaduais. Para que seja regularizada a situação, ainda é preciso que ocorra a tramitação da contratação emergencial de empresas, que está em andamento. Já houve o chamamento público para contratação do serviço e a empresa Performace foi a vencedora da licitação e terá até 15 dias para iniciar as atividades.

Segundo o secretário da Semed, Márcio Félix, ele e sua equipe estão trabalhando para que, até o fim de abril, todas as crianças que dependem do transporte fluvial estejam estudando.

——————

Visite as nossas páginas no FacebookTwitterInstagramFlipboard e SoundCloud!

Entre em contato com o Direto da Redação, mande sua notícia com fotos e vídeos, críticas ou elogios pelo WhatsApp: (69) 98108-7293

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.