Vereador é preso por receber salários de servidores nomeados por ele

A Operação Pedágio deflagrada pela Polícia Civil de Rondônia na manhã desta terça-feira (02), prendeu o vereador Ronen Alves Gomes, 44, pelo crime de concussão.

Segundo a polícia, a operação tenta coibir crimes contra a administração pública cometidos no município de Buritis por agente político pertencente ao poder legislativo municipal.

Durante a operação foi cumprida a busca e apreensão domiciliar na residência do vereador Ronen, que conforme restou apurado nas investigações, indicava pessoas para exercer cargos de livre nomeação e exoneração no poder executivo municipal e, uma vez contratadas, solicitava destas pessoas, mensalmente, parte de seus salários, exigindo que o pagamento fosse realizado em espécie (espécie de pedágio).

Foi cumprido ainda em desfavor do vereador um mandado de prisão preventiva. O vereador ficou à disposição da Justiça.

——————

Visite as nossas páginas no FacebookTwitterInstagramFlipboard e SoundCloud!

Entre em contato com o Direto da Redação, mande sua notícia com fotos e vídeos, críticas ou elogios pelo WhatsApp: (69) 98108-7293

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.