ALE decreta estado de calamidade em Rondônia

A Assembleia Legislativa de Rondônia (ALE-RO) usou a sessão desta sexta-feira (20) para decretar estado de calamidade pública em todo o território de Rondônia.

A medida é para fins de prevenção e enfrentamento à pandemia pelo novo coronavírus, covid-19. O estado teve o primeiro caso confirmado na noite desta quinta-feira (19), em Ji-Paraná.

AO VIVO

O decreto já está em vigor. Confira o documento na íntegra.

Entre as ações estão a realização compulsória de exames médicos, o fechamento de alguns estabelecimentos comerciais, assim como a proibição da operação de aeroportos estaduais.

Ficam proibidos eventos de qualquer natureza com mais de cinco pessoas. As medidas serão adotadas por 15 dias.

Transportes

  • Estão proibidos voos (em aeroportos estaduais) vindos de outros estados ou países;
  • Suspensa a entrada no estado de veículos, públicos ou privados, vindos de território internacional;
  • Está proibido o transporte por mototáxi;
  • Transporte coletivo de passageiros da área urbana e rural devem ser realizados sem exceder a capacidade de passageiros sentados;
  • Transporte coletivo e individual, intermunicipal de passageiros, público ou privado, em todo o território do Estado, tem que ser realizado sem exceder à metade da capacidade de passageiros sentado;
  • Táxis e motoristas de aplicativos podem transportar apenas dois passageiros por veículo.

Comércio

  • Fornecedores de alimentos e itens de higiene devem estabelecer limite de produtos por cliente, para evitar o esvaziamento dos estoques;
  • Será considerado abuso do poder econômico a elevação de preços, sem justa causa, com o objetivo de aumentar, arbitrariamente, os preços dos insumos e serviços relacionados ao enfrentamento do COVID-19;
  • Proibido o funcionamento de bares, teatros, cinemas, clubes, academias, balneários, além de restaurantes e lanchonetes com possibilidade de retirada de alimentos no próprio estabelecimento;
  • Proibido o funcionamento de galerias de lojas e comércios não essenciais;
  • Os comércios que puderem permanecer abertos precisam estabelecer horário para o atendimento exclusivo de idosos e pessoas em grupo de risco;
  • Para a realização de entrega de produtos a domicílio é necessário que o entregador esteja utilizando máscara, luvas e realize a higienização no veículo ou baú da moto com álcool em gel 70%;
  • Deve ser mantida uma distância mínima de 2 metros entre funcionários e clientes.

Saúde

  • Serão realizadas contratações temporárias de médicos e outros profissionais da saúde mediante posterior remuneração;
  • Está permitida a realização compulsória de exames médicos, testes laboratoriais, coleta de amostras clínicas, vacinação e tratamentos médicos;
  • Estão suspensas as cirurgias eletivas;
  • Não podem ser realizadas visitas a hospitais, estabelecimentos penais, unidades socioeducativas, asilos, orfanatos e abrigos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.