Fachin envia ao plenário pedido de arquivamento de inquérito das fake news

O juiz do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, enviou ao plenário da Corte a decisão sobre suspender ou não o inquérito das fake news.

Ontem, quando a Polícia Federal (PF) cumpriu mandados em diversas regiões do país, principalmente contra apoiadores do presidente Jair Bolsonaro, o procurador-geral da República, Augusto Aras, pediu a interrupção do processo.

O pedido mostra a mudança de 360º na opinião do procurador, que antes defendia o inquérito.

“Procuradoria-Geral da República viu-se surpreendida com notícias na grande mídia de terem sido determinadas dezenas de buscas e apreensões e outras diligências, contra ao menos 29 pessoas, sem a participação, supervisão ou anuência prévia do órgão de persecução penal que é, ao fim, destinatário dos elementos de prova na fase inquisitorial, procedimento preparatório inicial, para juízo de convicção quanto a elementos sufcientes a lastrear eventual denúncia”.

Afirmou Augusto Aras

Ouça mais comentários no Podcast do Potter pelo Spotify, Deezer, Apple Podcasts, Google Podcasts.


Visite as nossas páginas no FacebookTwitterInstagramFlipboard e SoundCloud.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.